FUNNY GAMES | Os Filmes Mais Perturbadores #28 - game-webites.net

FUNNY GAMES | Os Filmes Mais Perturbadores #28

Getro
Views: 156185
Like: 13460
GETRO NAS REDES SOCIAIS
Facebook | Twiiter | Instagram: @getrocombr

VISITE TAMBÉM O SITE ►

LOJA OFICIAL DO CANAL ►
Camisetas, Posteres, Bonecos, Almofadas, Máscaras e muito mais!

——————————————————————————————————

Inscreva-se no canal ►

E lembre-se de ativar o sininho para receber todas as atualizações! 🔔

Seja Apoiador ►

——————————————————————————————————

QUER ANUNCIAR? Nosso Midiakit:

Vinhetas by Tito Ferradans

———————————————————————————————————–

#getrocombr

26 Comments

  1. Pra mim, só dá pra assistir esse filme uma vez…

  2. a ''moral da história'' é criticar o sadismo do telespectador e o apelo que temos por mídias violentas, mas comigo essa proposta n funcionou, e a reflexão que tive foi completamente outra. A experiência que o filme tenta desenvolver depende do telespectador empatizar com as vítimas, mas eu n consegui me empatizar por eles, por causa da atitude idiota e passiva da mãe, e especialmente do pai.Enfim, esse filme é uma meta-critica hipócrita sobre a violência. Do tipo "se a violência é ruim ent por que nós gostamos tanto de ver filmes violentos ?". Isso é um questionamento bobo, pois violência n é fundamentalmente ruim, e nos gostamos pois estimula nossas emoções mais primitivas.

  3. Um excelente filme que faz quebras de quarta parede

  4. Funny games é um Filme horrível sem história, sem sentido algum 🤡 nem acabei por ver até ao fim 😑

  5. 1) Filme extremamente realista. Mostra que, na maioria das vezes, quando se depara com gente inumana, não tem final feliz.

    2) Exemplifica que psicopata, narcisista patológico e simplesmente seres maléficos, ruins, com personalidades deformadas, embora com consciência plena de suas intenções e propósitos negativos, e seus sentidos e significados miseráveis, não merecem nada além de isolamento quando ainda não mataram e, especialmente depois que mataram, pena de morte ou prisão perpétua sem nenhum conforto e com trabalho para se manterem minimamente (antigamente eu não pensava assim).

    3) não se pode nem se deve recitar Marx, Dialética, "luta de classes, "democracia" para

    4) a quem sofreu e adoeceu (e/ou morreu) nas mãos de seres com tal estrutura, não cabe a "obrigação moral" de dar o outro lado da cara a tapa e servir de mártir sociológico para energúmenos criminosos aprenderem — se é que aprenderão (boa parte não aprenderá nunca!) — que machucar o próximo é algo errado e somente para saciar a sede pseudofilosófica de pequenos burgueses academicistas da esquerda (e da direita liberal moralmente) e ideológica (no pior sentido do termo) de que "o home nasce bom, a sociedade que o corrompe", negando que alguma consciência e deliberação a pessoa tem para perceber seus fenômenos internos mais nefastos (do contrário, toda pessoa violada, traumatizada e injustiçada se tornaria um monstro) e não generalizar o(s) outro(s) como culpado(s) e merecedores de sua inquisição (até porque a maior parte estatisticamente das vítimas de criminosos é composta por trabalhadores pobres);

    5) Parabéns ao ator que encena o pai. A cena que representa o seu sentimento de impotência, revolta e culpa foi extremamente difícil e traumática pra ele e convincente pra nós.

    6) Eu não sabia que havia um filme original. Então o remake perde de 10 a 0 pro original (como de praxe).

    7) É daqueles filmes difíceis de achar… e só prejulga esse filme como "superficial" quem é incapaz e inábil em vários aspectos; quem não tem altos tipos de conhecimentos, percepção e inteligências para conseguir sentir e perceber todos os detalhes minuciosos e profundos da (anormal, doente e violenta) realidade ao seu redor e no seu interior dentro e fora de uma situação como essa.

    8) Os anos 90 foram fodas na arte em geral.

  6. só não gostei do final, onde o personagem volta no tempo, achei bem ruim essa sacada

  7. Pesadão esse filme, é um filme agoniante e essa quebra da quarta parede transformando quem assiste em cúmplice das atrocidades que acontecem é genial. e no fim desse filme dá uma bad vibe e vazio danado quando a gente percebe que o destino daquela família tá traçado

  8. Esse filme causa um sentimento de desconforto e impotência, ele se deve muito pela fragilidade das vítimas. Não é ruim, mas esse tipo de sentimento não sou muito fã de ficar procurando não.

  9. O modo como o diretor mostra a violência nesse filme é mais assustador do que QUALQUER filme de tortura que você imaginar. É desesperador ver a família chorando e gritando, mesmo sem mostrar o que realmente está acontecendo.

  10. Sei que venho com 4 anos de atraso, mas estou agora a maratonar 😉 "funny" não significa divertidos, significa estranhos. "Fun" é que é divertido.

  11. Sei que venho com 4 anos de atraso, mas estou agora a maratonar 😉 "funny" não significa divertidos, significa estranhos. "Fun" é que é divertido.

  12. o que foi isso que eu acabei de ver kkkkkkkk bom demais pqp

  13. o que foi isso que eu acabei de ver kkkkkkkk bom demais pqp

  14. Na Minha Interpretação. A Cena do Controle Remoto. Quer dizer que O Personagem é Calculista. E Ele Previu que A Mulher Iria Fazer e Impediu

  15. Na Minha Interpretação. A Cena do Controle Remoto. Quer dizer que O Personagem é Calculista. E Ele Previu que A Mulher Iria Fazer e Impediu

  16. Getro faz um vídeo sobre a companhia dos lobos de 1984

  17. Getro faz um vídeo sobre a companhia dos lobos de 1984

  18. O modo como o diretor mostra a violência nesse filme é mais assustador do que QUALQUER filme de tortura que você imaginar. É desesperador ver a família chorando e gritando, mesmo sem mostrar o que realmente está acontecendo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.